Home > Notícias > Empresários participam de feira no Paraguai

Empresários participam de feira no Paraguai

O desempenho da economia paraguaia somado ao baixo custo de produção e as facilidades oferecidas pelo país vizinho têm despertado cada vez mais o interesse dos investidores. É de olho nessas possibilidades que um grupo com 30 empresários brasileiros participa, em Assunção, capital do Paraguai, da Expo Paraguai - Feira Internacional de Pecuária, Indústria, Agricultura, Comércio e Serviços, que acontece até o dia 27 de julho.

A missão, organizada pela Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN), da top replication watches sales forever Confederação Nacional da Indústria (CNI), reúne representantes das indústrias de alimentos e bebidas, calçadista, moveleira, cosméticos, metalomecânico e tecnologia da informação de várias regiões do Brasil. Os empresários também vão participar de visitas técnicas a instituições e empresas paraguaias, além de rodada de negócios. O objetivo é facilitar a entrada de empresas brasileiras interessadas em investir no Paraguai. Haverá inclusive reuniões específicas para esclarecer questões fiscais e tributárias, jurídicas, sanitárias, ambientais, dentre outros assuntos.

NOVOS MERCADOS - O representante comercial da Cerâmica Santa Clara, Sergey Mayo Seratti, viaja no domingo (20) para Assunção. A indústria de louças sanitárias, que fica em Araxá (MG), já comercializa produtos com o Paraguai, mas a expectativa é ampliar as vendas. De acordo com Sergey, a empresa avalia até a possibilidade de abrir uma unidade no país vizinho. “Seria uma unidade voltada para exportação, porque o custo Brasil está muito alto. Já o Paraguai tem vários incentivos e facilidades como impostos mais baixos, o que é muito atrativo”, explicou.

A gerente de Exportação da Frangos Guibon, Schyene Ritter dos Santos Maia, também embarca para o Paraguai com planos semelhantes. Quer aproveitar a missão pra conhecer de perto a nova realidade do país. “O Paraguai é um dos países que mais cresceu economicamente no ano passado. E a cada ano percebemos que os paraguaios estão buscando mais a industrialização e o profissionalismo”, disse.

Para Schyene, o Paraguai tem mostrado muito potencial para receber investimentos e, por isso, a Frangos Guibon, situada no Paraná, estado que faz fronteira com o país vizinho, pretende aproveitar essa oportunidade.

 

Fonte: Portal CNI watchesuk.uk.com

 

Ir ao Topo